1282 + Uma


Maria Avelina Fuhro Gastal

1282 mortes por Covid no Brasil no dia 13 de janeiro de 2021. 1282+ Uma com nome, rosto, mem髍ias, hist髍ias compartilhadas, momentos de alegrias, de supera珲es, de apoio m鷗uo, de reconhecimento de afeto e admira玢o entre n髎.

Ontem, faleceu uma colega minha da Assembleia Legislativa por Covid. Muito querida, leal, dispon韛el, afetiva. M鉫, av, amiga. Fomos pr髕imas durante todos os anos em que trabalhamos l, mesmo que nem sempre no mesmo departamento. uma tristeza t鉶 diferente de todas as outras perdas. Morte t鉶 injusta e desumana.

Cansamos. Alguns, de tantas cenas de sofrimento, de tantas hist髍ias interrompidas; outros, de tanto alarmismo, medos infundados. Respondemos de formas diferentes, os primeiros, usando m醩caras, mantendo distanciamento social, apesar de j n鉶 saber o que fazer com tantas saudades; os segundos, retomaram seu antigo normal, aglomeram, viajam, re鷑em-se em bares, restaurantes, clubes e praias.

Tanto um quanto o outro grupo fizeram escolhas. Seria 髏imo se elas tivessem repercuss鉶 apenas nas vidas individuais. Mas em sociedade n鉶 funciona assim. Pelo menos n鉶 deveria funcionar.

J entendemos que, apesar do n鷐ero de aumento de casos, de mortes di醨ias, da falta de oxig阯io para aliviar o sofrimento sufocante e solit醨io, tudo continuar funcionando.

Quem puder, escolhe ficar em casa. Quem quiser, escolhe viver como se nada estivesse acontecendo. Quem n鉶 pode escolher, sujeita-se a trabalhar correndo riscos. Se h quem n鉶 possa escolher, as op珲es individuais devem preservar ao m醲imo o direito do outro de continuar vivo.

Haver sempre algu閙 para substituir um trabalhador que tenha morrido, desempregados n鉶 nos faltam. N鉶 h reposi玢o para av, av, m鉫, pai, filhos, tios, irm鉶s, primos, amigos.

Se a sua escolha viver a vida, preserve o direito dos outros de continuarem vivos. Aglomere-se, mas se afaste dos vulner醰eis. Explique a sua fam韑ia a impossibilidade de manter-se distanciado das baladas, praias, viagens, clubes e distancie-se dos seus av髎 e pais.

Usar m醩cara sufoca? Ter o pulm鉶 infectado pelo v韗us, mais ainda. Ent鉶, quando estiver no super, na farm醕ia, em qualquer lugar onde haja vida al閙 da sua, fa鏰 um sacrif韈io e use a m醩cara. Ela pode ser tirada t鉶 logo se afaste dos outros. Extubar muito mais dif韈il, nem sempre poss韛el, 鄐 vezes s no 骲ito.

Sigamos com nossas escolhas. Elas fazem sentido a quem somos. Respeitemos quem n鉶 pode escolher, afinal a vida n鉶 s o que existe ao redor de nossos umbigos.

Deixe um recado para a autora

voltar

Maria Avelina Fuhro Gastal

E-mail: avelinagastal@hotmail.com

Clique aqui para seguir esta escritora


Pageviews desde agosto de 2020: 47043

Site desenvolvido pela Editora Metamorfose