Safados


Maria Avelina Fuhro Gastal

Solo, voz masculina, potente:
揅abra safado,
Metido a maconheiro

Coro, vozes diversas, enf醫icas:
揅ABRA SAFADO,
METIDO A MACONHEIRO

Solo:
揟e pego de jeito
E bato o dia inteiro

Coro:
揟E PEGO DE JEITO
E BATO O DIA INTEIRO


Assim, em uma manh ensolarada de segunda-feira, elementos do Batalh鉶 de Opera珲es Especiais, da nossa valorosa Brigada Militar, corriam pela orla, em forma玢o militar, seguindo as ordens e repetindo as frases ditas pelo honrado membro que os guiava.

N鉶 por acaso, pouco antes de entoar essa p閞ola para os subordinados repetirem, o suposto potente respons醰el por aquele grupo ordenou: 揙lhar esquerda, quando passavam pela pista de skate.

Preconceito, amea鏰, abuso de poder, desrespeito integridade do cidad鉶, enaltecimento da viol阯cia praticada pelo Estado gritada com gana em uma linda manh de sol em um espa鏾 p鷅lico.

D vontade de desistir. N鉶 quero viver em um pa韘 que me joga na cara que nossas vidas nada valem. O restante da minha caminhada teve o eco daquelas vozes me acompanhando. As m鷖icas que at ent鉶 ouvia, perderam-se em meio ao estrondo provocado em minha cabe鏰.

O texto que eu vinha construindo, encolheu-se. Mais uma vez a viol阯cia do que vivemos tornou banal qualquer outro assunto.

Quero de volta a possibilidade de escrever mem髍ias, de narrar belezas, de brincar com as palavras e provocar sorrisos. Preciso (precisamos) viver em um pa韘 que nos fa鏰 acreditar em mudan鏰s que levem ao crescimento de oportunidades, diminui玢o da desigualdade, ao respeito pela cidadania.

No dicion醨io, safado definido como que ou o que n鉶 tem vergonha de seus atos censur醰eis; descarado, desavergonhado, c韓ico.

Safados nos governam, ocupam posi珲es de poder, amea鏰m democracia.
Temo os que est鉶 l e aqueles que os querem l. Bom saber quem s鉶. Assustam muito mais aqueles que se eximem de optar. O sil阯cio, a n鉶-escolha, coloca em risco a nossa cidadania. Acima de ideologias, o que temos de enfrentar a garantia da democracia em nosso pa韘.

N鉶 temos mais f鬺ego para o descaso. Temos de fazer uma escolha. Omiss鉶 ser safadeza. Ainda prefiro quem assume, mesmo que n鉶 os queira perto de mim.


Deixe um recado para a autora

voltar

Maria Avelina Fuhro Gastal

E-mail: avelinagastal@hotmail.com

Clique aqui para seguir esta escritora


Pageviews desde agosto de 2020: 133809

Site desenvolvido pela Editora Metamorfose