Cumplicidade


Maria Avelina Fuhro Gastal

Nascemos para morrer. No intervalo entre os dois eventos, levamos a vida.
Ela pode nem ter tempo a ser contado ou se prolongar al閙 do esperado.

Enquanto h vida, respiramos, aprendemos, ensinamos, sentimos, sonhamos, sofremos, rimos, pensamos, choramos. Na sequ阯cia dos segundos, colecionamos minutos que se transformam em horas, horas que comp鮡m dias, dias que perfazem meses, meses que totalizam anos.

O tempo disciplinado abarca a nossa hist髍ia. Nela est鉶 nossas cren鏰s e valores. Movemo-nos orientado por eles, redefinindo princ韕ios e duvidando de certezas.

Nossa vida n鉶 uma trajet髍ia em linha reta. Trope鏰mos, ca韒os, levantamos, transpomos obst醕ulos, apreciamos a paisagem. Entre curvas, desvios e barreiras avan鏰mos at que o ritmo de nossos batimentos card韆cos se esgote e se encontre em uma linha plana.

Ser morto n鉶 morrer. Morrer processo da vida, ser morto desrespeito vida.

Ser morto n鉶 significa morrer. Somos mortos quando nossa dignidade ignorada, quando nosso corpo violado, quando a nossa dor extasia o algoz.

Ser morto mata quem est em nossa volta, mata em n髎 o essencial para prosseguir inteiro.

Ser morto deixa cicatrizes. Fere a pessoa, a fam韑ia, a sociedade.

Se ao ser morto encontramos a morte, ainda assim n鉶 morremos. N鉶 at que os respons醰eis sejam julgados e punidos. N鉶 at que todos se ergam contra a viol阯cia. N鉶 at que verdade sobre a nossa morte seja revelada.

N鉶 podemos mais nos fingir de mortos. Aceitar a exalta玢o de torturador em pleno Congresso de um Estado Democr醫ico de Direitos e calar. Ouvir apologia ditadura militar e tortura e eleger como presidente. Suportar a ironia e o desrespeito de um vice-presidente que achincalha a investiga玢o da tortura no Brasil.

H muito deixou de ser por pol韙ica. Ningu閙 foi enganado. Persistir na escolha op玢o pela morte provocada. cumplicidade.

Deixe um recado para a autora

voltar

Maria Avelina Fuhro Gastal

E-mail: avelinagastal@hotmail.com

Clique aqui para seguir esta escritora


Pageviews desde agosto de 2020: 133857

Site desenvolvido pela Editora Metamorfose